4 problemas do Iphone X, o mais caro da história da Apple

4 problemas do Iphone X, o mais caro da história da Apple

A BBC apontou 4 problemas no novo Iphone X, resultado da experiência dos utilizadores desde que o equipamento foi posto à venda em 55 países, no dia 27 de Outubro (2017)

No entanto, como é apanágio da companhia, e dos seus clientes, as acções subiram em flecha e aumentaram 3%. Este fenómeno, de resto, já foi observado noutras companhias como a Samsung, a Toyota ou a VW.

O peso e a notoriedade de algumas marcas são de tal ordem, que a menos que comecem a bater nos clientes, como por exemplo fez uma das maiores discotecas de Lisboa, nada lhes afecta o valor de mercado ou a reputação. Antes pelo contrário.

Os quatro problemas reportados pelos utilizadores do Iphone X, o mais caro até hoje produzido, (custa em Portugal entre os 1170€ e os 1359€) são:

– Écran incompleto. Era suposto exibir imagem em toda a extensão do ecrã, mas ao navegar na internet em alguns sites “aparecem barras brancas sobre o ecrã que ocultam algumas propriedades das páginas visitadas”. Foram vários os utilizadores que se queixaram no Twitter deste problema que parece estar relacionado com a localização do hardware de reconhecimento facial.

– Ângulo de visão. O novo ecrã do telemóvel é em princípio do que melhor que se fabricou até hoje (tecnologia OLED). No entanto, obriga a olhar o ecrã de frente; quando ligeiramente inclinado, perde-se todo o esplendor da cor e do brilho. Muito utilizadores não aplaudiram. No entanto a própria marca advertiu que “se olhar o ecrã fora do ângulo frontal, poderá perceber alteração de cores e matizes”.

– Fragilidade. Este aspecto já foi largamente comentado e é um facto que sendo este o equipamento mais caro da marca, é também o mais frágil. Isto mesmo foi confirmado pelos testes feitos pela empresa SquareTrade

– Sistema operacional lento. O novo sistema operacional que equipa o Iphone X é o iOS 11.1 e as queixas dos utilizadores estão relacionadas em particular com a activação do equipamento que permite a sua configuração. A lentidão do sistema enervou alguns utilizadores menos pacientes que se dirigiram ao Twitter para reclamar. A Apple não se pronunciou ainda sobre este tema.