Vaca de Fogo – Madredeus (letra)

Uma vaca de fogo é uma antiga peça de fogo de artifício em forma de vaca (e daí o nome da canção) que é colocada às costas de um homem (com um homem a guiar) que vai andando pela rua enquanto a vaca de fogo vai disparando fogo em todas as direções.

É uma tradição muito antiga de Freamunde (freguesia portuguesa do concelho de Paços de Ferreira, Distrito do Porto, em Portugal)
Quanto à letra, Corrupio significa neste contexto; “atividade intensa”.

Uma nota para os nossos amigos brasileiros a fim de evitar possíveis mal-entendidos: putos é uma palavra que em Portugal significa miúdos, crianças. Não é um palavrão.

O mesmo acontece com a palavra canalha. Em várias regiões de Portugal, canalha é o equivalente de criançada. No entanto, é certo que esta palavra também significa patife. A distinção é feita facilmente porque no primeiro caso é uma substantivo feminino e no segundo um substantivo masculino. Além de que, do contexto do texto ou da conversa é fácil depreender o sentido com que é utilizada.

Finalmente, a palavra maralha significa multidão mas pode em algumas circunstâncias ter um sentido pejorativo (escumalha, ralé).

À porta
daquela igreja
vai um grande corrupio
Às voltas
duma coisa velha
reina grande confusão
Os putos
já fogem dela
deitam o fogo a rebentar
soltaram
uma vaca em chamas
com um homem a guiar
São voltas
Ai amor são voltas
sete voltas
são as voltas da maralha
Ai são voltas
Ai amor são voltas
são as voltas
são as voltas da canalha
À porta
daquela igreja
vive o ser tradicional
às voltas
duma coisa velha
e não muda a condição